Realizador português mostra "realidade quase desconhecida" da diáspora lusa no Havai
Realizador português mostra "realidade quase desconhecida" da diáspora lusa no Havai

Mais de 10 por cento da população do Havai (EUA) descende de portugueses, "uma realidade quase desconhecida" e que é o foco do novo documentário do realizador Nelson Ponta-Garça, que estreia esta sexta-feira, dia 28. "Pouca gente imagina que existem tantos portugueses no Havai", disse o realizador açoriano radicado na Califórnia. A estimativa é de que "mais de 10%" da população do arquipélago, que totaliza 1,428 milhões de habitantes, seja lusodescendente. A estreia do documentário coincide com a celebração dos 140 anos da chegada da primeira grande vaga de imigrantes portugueses ao Havai, que aconteceu a 30 de setembro de 1878 a bordo do navio SS Priscilla.