Negócios portugueses afetados por violência e vandalismo
Negócios portugueses afetados por violência e vandalismo

A funcionar à porta fechada, é assim que se encontram alguns estabelecimentos comerciais geridos por portugueses, na Jules Street, em Joanesburgo, na sequência dos atos de violência e vandalismo registados, esta segunda-feira, naquela cidade sul-africana. "Há edifícios de portugueses que foram vandalizados e destruídos", descreveu Jorge Peterson, proprietário de um edifício comercial onde se encontra instalado um negócio de peças de automóveis Mzanzi Spares. A avenida Jules Street tem uma longa e histórica tradição de negócios e comércio de portugueses. As imagens transmitidas em direto pelos canais de televisão sul-africanos mostram esta parte da cidade como uma "zona de guerra". Imagem: Google Maps