Seleção Portuguesa de Futebol é tema de capa em Angola

A edição de hoje do Jornal dos Desportos, único diário desportivo em Angola, dá destaque à prestação da Seleção Portuguesa de Futebol no jogo de ontem, frente aos marroquinos. Aliás, o tema marca igualmente presença nos meios digitais locais, sempre com destaque para o capitão de equipa, Cristiano Ronaldo.

Portugueses e Angolanos torcem pela Selecção das Quinas

O segundo desafio de Portugal no Mundial de Futebol acontece num dia laboral, mas nem assim há motivo para perder o jogo. Portugueses e Angolanos torcem pela Selecção das Quinas em almoços-convívio por Luanda, e não só. A cerca de 20 quilómetros de Luanda, em Benfica, na Zona da Via Expressa, encontrámos à mesa Portugueses e Angolanos que aproveitaram a hora de almoço para ver o jogo e apoiar a Selecção Portuguesa. O Restaurante Dendê tem gerência Portuguesa e, como não podia deixar de ser, na ementa de hoje há um prato que se destaca: Dobrada com Feijão, em homenagem aos lusos que por ali param.

Baía de Luanda é ponto de encontro de muitos Portugueses

A Baía de Luanda, considerada o bilhete postal da capital Angolana, contínua a ser o ponto de encontro de muitos portugueses para momentos de lazer ao domingo de manhã. Requalificada em 2012, conta com espaços verdes e equipamentos de lazer numa área com mais de 3 mil metros de frente marítima. Passeio marítimo, praças públicas, ciclovia, campos de basquetebol, parques infantis, espaços para eventos culturais e snack bares proporcionam bem-estar, conforto e segurança aos utilizadores.

Leirienses apoiaram a Seleção Nacional a partir de Luanda

Angola vibra com o Mundial de Futebol e muitos são os espaços preparados a rigor para a transmissão dos jogos. A poucos quilómetros do centro da capital fomos encontrar um grupo de Leirienses a apoiar a Seleção Nacional no seu jogo inaugural. As iguarias portuguesas foram a tática definida na Taverna do Morro. O restaurante, aberto há cerca de dois anos e que só encerra quando o último cliente abandona o local, tem ao comando três leirienses: Kikas Silvério, o chefe de sala, João Caseiro, o chef de cozinha, e o gerente Nuno Estrelinha – proprietário do restaurante Aleluia, na Nazaré.