Expo-Indústria e Projekta em simultâneo na próxima semana

Expo-Indústria e Projekta - Feira Internacional de Equipamentos e Serviços para a Construção Civil, Obras Públicas, Urbanismo, Arquitetura e Decoração de Interiores, os dois principais eventos motores da economia angolana, decorrerão este ano em simultâneo, de 14 a 17 de novembro, na ZEE- Zona Económica de Luanda. A maior montra de exposição da indústria e da construção em Angola reunirá mais de 300 expositores em 28.000 m2, sob o lema “Crescer, a Fazer Crescer”, com o objetivo de contribuir para a promoção da produção nacional e para o fomento das relações empresariais entre os dois sectores. Veja o vídeo.

DJ Jonh Mayze & Miguel Faria estreiam-se em Angola

A dupla de DJ portugueses Jonh Mayze & Miguel Faria actuaram em Angola, pela primeira vez, no último sábado, em Cabo Ledo, durante a sexta edição do SSW (Social Surf Weekend). Cheios de originalidade e bom gosto musical, Jonh Mayze & Miguel Faria, ao lado de DJ vindos de vários pontos de Angola – Py Alves (Benguela), Kalleza (Lubango), Mauro Mix (Namibe) e Callas (Luanda), deram os melhores mix de sempre ao maior festival de verão de Angola. Durante 3 dias de festival, de 19 a 21 de Outubro, o SSW’18 recebeu em Cabo Ledo, 120 Kms a sul da capital Angolana, mais de quatro mil aventureiros num fim-de-semana dedicado à espiritualidade, ecologia e surf. Para o ano haverá mais SSW!

SSW – O maior festival de Angola está de volta

O maior festival de Angola está de volta à Praia dos Surfistas, em Cabo Ledo, 120 km a sul da capital Angolana. A sexta edição do SSW (Social Surf Weekend) terá lugar de 19 a 21 de outubro com boa música, convívio em acampamento gigante, competição de surf, sessões de meditação, aulas de yoga, cinema ao ar livre, surpresas e muita animação com o apoio incondicional da cerveja Nocal e a assinatura inconfundível do Social Team Angola. Um fim-de-semana dedicado à cultura de surf, espiritualidade e sustentabilidade. Curioso? Veja as imagens da edição de 2017!

“A Poesia do Fado e dos Tambores”

Foi apresentado este sábado, no Memorial António Agostinho Neto, em Luanda, o livro “A Poesia do Fado e dos Tambores”, resultado do V Encontro de Poetas de Língua Portuguesa. A Antologia, onde o fado representa o colonizador e os tambores as ex-colónias, reúne 273 poemas de 135 poetas lusófonos, 20 dos quais portugueses, e homenageia o poeta, médico e primeiro presidente de Angola - Agostinho Neto. A apresentação esteve a cargo de Mariza Sorriso, mentora do projecto, e contou com a presença de Maria Eugénia Neto, natural de Trás-os-Montes e viúva do primeiro presidente angolano. Cyrius, concorrente do The Voice Angola 2015, protagonizou os momentos musicais do evento.

O turismo africano está mais rico - todos os caminhos levam a KAZA

O Raid Cacimbo Cuca 2018 inaugurou a primeira rota turística angolana dentro do Projeto KAZA (Kavango Zambeze). Organizada pelo Social Team Angola, com o apoio institucional do Ministério do Turismo de Angola, patrocínio da cerveja Cuca e apoio do Banco BIC, a 22ª edição do Raid Cacimbo percorreu mais de cinco mil quilómetros em 16 dias, ao longo dos quatro países da Área de Conservação Transfronteiriça do KAZA - Angola, Botswana, Namíbia e Zimbabwe. Mais de meia centena de aventureiros em 18 viaturas observaram de perto os gigantes das savanas e florestas africanas, visitaram o parque Luengue-Luiana, o Delta do Okavango, a Victoria Falls e um infindável de paisagens deslumbrantes.

Quitutes da terra a caminho de Leiria

A gastronomia e o artesanato angolanos são ricos e variados e, para um estrangeiro que vive Angola, véspera de viagem é sinónimo de ida às compras. Daqui pode levar-se um pouco te tudo: “O Pensador”, uma das mais belas estatuetas de origem Tchokwe e um símbolo da cultura angolana; “O Ngyendo” ou cesto do Uíge; panos africanos; ginguba com gindungo; gin Kianda, 100% angolano; a emblemática cerveja Cuca; mel do Moxico; chouriço do Lubango e compota de múcua e gengibre produzidos junto à Fenda da Tundavala; entre outras iguarias. O Repórter no Mundo foi às compras em Angola e dentro de dias estará em Leiria para dar a conhecer estes “Quitutes a Terra”. Até já!

Miradouro da Lua é visita obrigatória em Angola

O Miradouro da Lua, que chegou a ser candidato às sete maravilhas naturais de Angola na categoria de falésias, faz parte do imaginário dos angolanos e é um ponto turístico de paragem obrigatória. Trata-se de um conjunto de falésias, 40 quilómetros a sul de Luanda, no município da Samba. Ao longo do tempo, a erosão provocada pelo vento e pela chuva foi criando a paisagem de tipo lunar que ali se encontra. Este foi o cenário do filme "O Miradouro da Lua", do realizador português Jorge António, a primeira co-produção cinematográfica luso-angolana, rodada em 1993 e que obteve o prémio especial “Realização” no Festival de Gramado, Brasil.

Portugal foi o maior expositor estrangeiro na FILDA 2018

Portugal foi o maior expositor estrangeiro da FILDA 2018, com 25 expositores, contra 16 na edição de 2017, mantendo assim a tradição de há vários anos. Numa visita feita ao espaço de Portugal no certame foi possível encontrar algumas empresas de Leiria, nomeadamente a HRV e a Plastidom. A 34ª edição da Feira Internacional de Luanda, que decorreu na ZEE- Zona Económica Especial de Luanda até ao passado sábado, “superou todas as expectativas”, de acordo com declarações de Ana Celeste, porta-voz do Ministério da Economia e Planeamento de Angola, à imprensa. A responsável fez saber ainda que a FILDA 2018 recebeu mais de 50 mil visitantes entre nacionais e estrangeiros.

Grupo Nov marca presença na FILDA 2018

O Grupo Nov, com raízes leirienses e presente em Angola há mais de 25 anos, marca presença na FILDA 2018 com a promoção do empreendimento Alvalade Premium. Inaugurada hoje na ZEE- Zona Económica Especial de Luanda, patente ao público até ao próximo sábado, dia 14, a 34ª edição da Feira Internacional de Luanda reúne 350 expositores, oriundos de 13 países. O Repórter no Mundo está a acompanhar aquela que é considerada a maior feira de negócios em Angola, e continuará dar-lhe conta de tudo! (foi bom encontrar antigos colegas de trabalho!)

Angola tem uanga!

Aterrei em Angola há 4 anos. Estranhei a envolvente do aeroporto, o calor húmido, a oferta de serviços informais. E quando me fazia à estrada até casa, eis que me deparo com um extenso parque de estacionamento. Fui avisada de que o trânsito era duro, mas não imaginei que pudesse ser assim! A adaptação foi fácil. Conheci pessoas fantásticas, lugares paradisíacos, ultrapassei desafios e fiz trabalhos espectaculares! Nesta terra do muito, onde nos fartamos de trabalhar, ganhamos pouco e somos felizes, já vivi histórias inacreditáveis que dariam um filme. E todos os dias tenho histórias novas para contar! Paixão por Angola, a mesma paixão desde o primeiro dia! Angola tem uanga (feitiço)!

FILDA está de volta a Luanda

A FILDA está de volta! A 34ª edição da Feira Internacional de Luanda – FILDA 2018 acontece já no próximo mês, de 10 a 14 de julho, na ZEE- Zona Económica de Luanda, sob o lema “Diversificar a Economia, Desenvolver o Sector Privado”. São esperados mais de 350 expositores, oriundos de 13 países, entre os quais Portugal, Suécia, Itália, Alemanha, Holanda, Reino Unido, Rússia, África do sul, Gana, Moçambique, Uruguai, Brasil e EUA, durante cinco dias numa área de 28 mil m2 de exposição. nacionais e estrangeiros. Como não podia deixar de ser, o Repórter no Mundo estará nos bastidores para lhe dar conta de tudo! Programa disponível em http://filda.co.ao/programa-filda-2018/

Vem aí o Raid Cacimbo - a mais antiga expedição de turismo-aventura de Angola

A mais antiga expedição de turismo-aventura de Angola está a chegar, e o Repórter no Mundo mostra-lhe tudo! O Raid Cacimbo conta com mais de 20 anos de história, ao longo dos quais foram exploradas as 18 províncias de Angola e quatro países africanos, percorridos milhares de quilómetros por vias principais, secundárias e terciárias, ao encontro de comunidades em lugares esquecidos no tempo. A iniciativa decorre anualmente na estação do Cacimbo, entre julho e agosto, com um número de viaturas participantes limitado, entre 10 e 15, em função do grau de dificuldade do percurso. A extensão oscila entre os 3.000 e os 8.000 km. Curioso? Veja as imagens da edição de 2017!

Saúde do “Tio Celito” é preocupação em Angola

Marcelo Rebelo de Sousa, o “Presidente dos afetos”, também conquista corações além-fronteiras. Na sua visita a Angola, em setembro último, mergulhou na Baía de Luanda, tirou selfies com o povo, engraxou sapatos na rua, e fez tantas outras coisas nunca vistas por aqui em cargos ao mais alto nível. “Tio Celito” foi destaque na imprensa nacional e internacional, e assim ficou carinhosamente apelidado “por estas bandas”. No último sábado, os Angolanos também não ficaram indiferentes à sua “indisposição momentânea” e o tema teve lugar na edição de ontem do diário “O País”, com votos de “Saúde para ele” na crónica assinada pelo seu diretor, José Kaliengue.

O melhor mufete de Luanda está na Chicala

Mufete é um prato típico da Ilha de Luanda composto por peixe grelhado, feijão de óleo de palma, farinha musseque, mandioca, banana-pão e batata doce cozidas, acompanhado por molho de cebola com vinagre e gindungo. E, o melhor mufete de Luanda está na zona da Chicala. Uma grande variedade de peixe fresco compõe a ementa dos vários restaurantes da Chicala, todos muito modestos mas sempre cheios. Este domingo não foi excepção e, no tradicional almoço de domingo com amigos, acabámos por encontrar muitos Portugueses e Angolanos a partilhar mesa.

Seleção Portuguesa de Futebol é tema de capa em Angola

A edição de hoje do Jornal dos Desportos, único diário desportivo em Angola, dá destaque à prestação da Seleção Portuguesa de Futebol no jogo de ontem, frente aos marroquinos. Aliás, o tema marca igualmente presença nos meios digitais locais, sempre com destaque para o capitão de equipa, Cristiano Ronaldo.

Portugueses e Angolanos torcem pela Selecção das Quinas

O segundo desafio de Portugal no Mundial de Futebol acontece num dia laboral, mas nem assim há motivo para perder o jogo. Portugueses e Angolanos torcem pela Selecção das Quinas em almoços-convívio por Luanda, e não só. A cerca de 20 quilómetros de Luanda, em Benfica, na Zona da Via Expressa, encontrámos à mesa Portugueses e Angolanos que aproveitaram a hora de almoço para ver o jogo e apoiar a Selecção Portuguesa. O Restaurante Dendê tem gerência Portuguesa e, como não podia deixar de ser, na ementa de hoje há um prato que se destaca: Dobrada com Feijão, em homenagem aos lusos que por ali param.

Baía de Luanda é ponto de encontro de muitos Portugueses

A Baía de Luanda, considerada o bilhete postal da capital Angolana, contínua a ser o ponto de encontro de muitos portugueses para momentos de lazer ao domingo de manhã. Requalificada em 2012, conta com espaços verdes e equipamentos de lazer numa área com mais de 3 mil metros de frente marítima. Passeio marítimo, praças públicas, ciclovia, campos de basquetebol, parques infantis, espaços para eventos culturais e snack bares proporcionam bem-estar, conforto e segurança aos utilizadores.

Leirienses apoiaram a Seleção Nacional a partir de Luanda

Angola vibra com o Mundial de Futebol e muitos são os espaços preparados a rigor para a transmissão dos jogos. A poucos quilómetros do centro da capital fomos encontrar um grupo de Leirienses a apoiar a Seleção Nacional no seu jogo inaugural. As iguarias portuguesas foram a tática definida na Taverna do Morro. O restaurante, aberto há cerca de dois anos e que só encerra quando o último cliente abandona o local, tem ao comando três leirienses: Kikas Silvério, o chefe de sala, João Caseiro, o chef de cozinha, e o gerente Nuno Estrelinha – proprietário do restaurante Aleluia, na Nazaré.