Nazarenos homenageados em Toronto
Nazarenos homenageados em Toronto

O município da Nazaré visitou Toronto para o aniversário do Rancho da Nazaré de Mississauga e homenagear cinco nazarenos, pelo contributo para o desenvolvimento da comunidade local e divulgação das suas raízes culturais no país. Amadeu Caria Vaz, responsável pela criação da Rádio Records e Rádio Clube Português; António Sousa, fundador do Rancho da Nazaré de Mississauga (o mais antigo da diáspora portuguesa) e do First Portuguese Canadian Club; Charles Sousa, comendador e ex-ministro das Finanças de Ontário; José Maria Eustáquio, organizador da Parada da Semana de Portugal; e José Mafra, presidente do Rancho Folclórico da Nazaré de Mississauga nos últimos 30 anos, foram os galardoados.

Portuguesa Joana Vicente nomeada diretora executiva do Festival de Cinema de Toronto
Portuguesa Joana Vicente nomeada diretora executiva do Festival de Cinema de Toronto

A produtora portuguesa Joana Vicente vai ser a nova diretora executiva do Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF), sendo corresponsável pela organização a par do diretor artístico Cameron Bailey. Joana Vicente era, desde dezembro de 2009, diretora executiva do Independent Filmmaker Project, a mais antiga e maior organização de cineastas independentes nos Estados Unidos. Natural de Macau, estudou em Lisboa, foi assistente no Parlamento Europeu e trabalhou nas Nações Unidas até se decidir pela produção de cinema nos EUA em parceria com o marido, o produtor Jason Kliot. Vive em Nova Iorque há 30 anos e foi nomeada pela Variety como uma das 60 pessoas mais influentes em Nova Iorque.

Luso-canadiana sobe o terceiro dos sete cumes do mundo em missão solidária
Luso-canadiana sobe o terceiro dos sete cumes do mundo em missão solidária

Uma luso-canadiana conseguiu com êxito escalar ao Monte Elbrus, na Rússia, conseguindo o terceiro dos sete cumes do mundo. Ema Dantas, de 51 anos, conseguiu o feito de atingir o cume mais alto da Europa, no dia 29 de julho. Financiada através do setor privado nas várias expedições, a empresária e tradutora espera angariar no final da aventura 700 mil dólares canadianos (463 mil euros), que serão canalizados para uma nova unidade do Centro de Dependência e Saúde Mental. Filha de emigrantes de Miranda do Douro, distrito de Bragança, Ema Dantas foi para o Canadá aos cinco anos. Monte Evereste (Nepal), Aconcagua (Argentina), Denali (Alasca, EUA) e o Monte Kosciuszko (Austrália) são os cumes que lhe falta escalar.