Batista de Matos homenageado com medalha de Fontenay-sous-Bois
Batista de Matos homenageado com medalha de Fontenay-sous-Bois

A luta pela liberdade e o seu papel de destaque na comunidade portuguesa foram algumas das razões invocadas pelas autoridades municipais de Fontenay-sous-Bois, localidade francesa, para entregar a medalha da vila a José Batista de Matos, no passado dia 2 de junho. A medalha foi entregue numa cerimónia presidida pelo maire Jean-Philippe Gautrais. No seu discurso, Batista de Matos, 84 anos, natural de Alcanadas, aldeia a poucos quilómetros da Batalha, elogiou o facto de Fontenay-sous-Bois sempre ter respeitado a liberdade. Batista de Matos foi igualmente um ativista no Maio de 1968 e ainda hoje figura no Museu Nacional da História da Imigração, em Paris, como rosto da emigração lusa.

Em Penamacor pode conhecer as tradições locais no Museu Municipal

Visitei este fim de semana o Museu Municipal de Penamacor, nele podemos encontrar as tradições agrícolas, bem como animais de caça e armas de caça. Recomendo. Se também recomenda coloca "gosto"

Visita ao Museu de História Natural em Londres

É maravilhoso poder observar as criaturas que já viveram no nosso mundo com um detalhe fantástico. No final de tudo foi de facto um dia memorável para recordar no futuro. Espero visitar novamente o Museu de História Natural, em Londres, e recomendo vivamente que todos o façam!!!

Long Branch, nos Estados Unidos da América, comemora Dia de Portugal com futebol e santos populares
Long Branch, nos Estados Unidos da América, comemora Dia de Portugal com futebol e santos populares

O clube Português de long Branch, na Nova Jérsia (EUA), assinala o Dia de Portugal com um programa aberto a toda a comunidade. Dia 15 acompanham o jogo de fuetbol Portugal - Espanha, no mundial 2018 e é içada a bandeira portuguesa na Câmara de Long Branch. Serão entregues também os prémios de mérito da Escola Portuguesa. No sábado, dia 16, o futebol reúne as velhas guardas para um convívio, seguido de churrasco. E no domingo, haverá um passeio de motas e o arrail alusivo ao Santo António.

Nível de água na lagoa da Ervedeira convida a banhos

De passagem pela lagoa da Ervedeira, reparei que a quota do nível de água está muito boa resultado da chuva abundante que tem caído. Também se estão a fazer trabalhos de limpeza numa parte da margem e só é pena que a parte dos passadiços, que ardeu devido ao fogo de 15 de outubro do ano passado, ainda não esteja reposta.

Dia de Corpo de Deus no Convento de Santa Clara

As Irmãs residentes no convento de Santa Clara, em Monte Real, Leiria, abriram o Convento a comunidade local, no Dia do Corpo de Deus, e criaram um lindíssimo tapete de flores que pode ser apreciado por todos.

Atividades de orientação

A Câmara de Penamacor tem uma aposta forte no desporto de orientação tendo já organizado vários eventos no concelho que reúne excelentes condições para a prática da orientação. Tendo já mapeados 30 quilómetros. Recomendado aos praticantes de orientação.

Encontro de Crianças

No dia 2 de junho, assinalou-se o Dia da Criança, na comunidade de Souto da Carpalhosa e Ortigosa. A junta de freguesia teve uma excelente ideia que foi fazer um encontro de crianças e pais. As associações da freguesia foram convidadas a partilhar as suas actividades.

Aeroporto em Monte Real

Há muito que se fala da abertura da Base de Monte Real à aviação civil. Há quem concorde e quem seja contra. Na próxima segunda feira, dia 18 de junho, a Câmara de Leiria realiza um fórum para discutir o tema, com vários convidados. No Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria, às 21 horas. A entrada é livre.

Celebrar Portugal lá fora

Celebrou—se, no passado domingo, 10 de junho, o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. Este ano festejei-o em Portugal, algo que não aconteceu a 10 de junho de 2017, altura em que estava em Maputo, Moçambique. Sei hoje que quem vive o dia de Portugal lá fora o celebra com outra intensidade, outra nostalgia que só quem vai para fora conhece. Agora que conheço os "dois lados da moeda" sinto um orgulho maior em ser portuguesa!

Gente do mundo

Chama-se Ezia, tem 34 anos e é professora de estudos islâmicos no Dubai. É do Iémen e pertence a uma tribo famosa. Há dois anos que não volta ao seu país... Recorda da última viagem o barulho das bombas e a destruição dos locais das memórias de infância. Trabalhou para pagar os seus estudos universitários porque, concluído o liceu, era esperado que ficasse em casa até casar. Dedica-se ao voluntariado e recebeu recebeu das mãos do presidente dos Emirados, Sheik Al Nayan, o prémio "The Great Givers". Irradia luz e serenidade.

“Soube bem ser Português”
“Soube bem ser Português”

Esta segunda-feira, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, agraciou um conjunto de portugueses e um americano que tem defendido a causa portuguesa daquele lado do Atlântico, conta o leiriense José Manuel Santos que se encontra a residir em Boston e assiste, por estes dias, às comemorações oficiais do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades. “Todos gostaram do Navio Escola Sagres – atracado no porto de Boston - e a comida estava muito boa, mas as pessoas vieram mesmo para abraçar e beijar o Presidente”. José Manuel Santos conta que “foi um dia bonito” e que “soube bem ser Português”.

Estudantes lusodescendentes oferecerem presente ao Presidente da República e ao Primeiro Ministro
Estudantes lusodescendentes oferecerem presente ao Presidente da República e ao Primeiro Ministro

Alunos da Escola Lusitânia - Portuguese School of the Portuguese Club of Long Branch ofereceram um presente ao Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa e ao Primeiro Ministro António Costa. A entrega aconteceu durante as cerimónias do Dia de Portugal, em Boston (EUA). A Escola Lusitânia recebeu, igualmente durante as cerimónias, pelo segundo ano consecutivo, o prémio de Community Organization of the Year atribuído pela American Organization of Teachers of Portuguese.

Celebração do 10 de junho - Dia de Portugal em Timor-Leste

A celebração do Dia de Portugal em Timor-Leste culminou com uma festa na Escola Portuguesa Ruy Cinatti, na qual atuaram o coro desta escola e a banda Virgem Suta. Esta festa é um local de encontro da comunidade portuguesa residente em Timor. Na ementa não faltaram as iguarias e o vinho português. Na festa reencontram-se portugueses, avivam-se memórias, fomenta-se o espírito de coesão e renovam-se laços. Portugal é o país do coração de quem partiu e encontrou em Timor o seu novo lar.

Cooperação entre Portugal e Timor-Leste

As relações de cooperação entre Portugal e Timor-Leste estendem-se desde ajuda humanitária aos setores da educação, defesa/ administração interna e justiça. Neste sentido, foi realizada em Díli uma Exposição no dia 9 de junho sobre atividades de cooperação entre os dois governos. Os alunos do Centro de Aprendizagem e Formação Escolar de Liquiçá participaram neste evento com quatro atuações: Dança Russa de Tchaikovsky, Sou a escola, Marcha Quebra Nozes de Tchaikovsky e Marcha Turca de Mozart.

A fuga de cérebros
A fuga de cérebros

A propósito da "fuga de cérebros", Maria Francisca Gama, cronista do REGIÃO DE LEIRIA, põe o dedo na ferida: "Então, as nossas escolas formam génios, e depois é o resto do Mundo que os aproveita, no sentido não pejorativo da palavra? Porque é que esses alunos, que se destacaram pelo seu aproveitamento académico, não ficaram em Portugal, e estão, neste momento, no mercado de trabalho de países como a Alemanha, como os Estados Unidos da América, ou como o Brasil? O que é que nos falta para agarrarmos aqueles que podem levar o nosso país a outro nível de industrialização, de cultura, de desenvolvimento?" Leia a crónica em https://www.regiaodeleiria.pt/2018/06/a-fuga-de-cerebros.

Militares portugueses também comemoram Dia de Portugal

Um contigente de militares portugueses, a maioria proveniente da Base de Monte Real, em Leiria, Portugal, está deslocado na Lituânia, numa operação da NATO. Portugal é país que durante quatro meses vai liderar a operação, com recurso a F16, e assegurar a defesa do espaço aéreo do Báltico ( Lituânia, Estónia e Letônia).

Portugal

Quando se ama o nosso país, tudo nos fala dele. Andámos por aqui há muitos séculos, se perguntarem aos emiratis porque razão alguns têm pele e olhos claros, logo vos dizem que vêm dos portugueses. Laranja em árabe é portucal, da última vez que atravessei a fronteira para Oman, o polícia mal viu o meu passaporte, disse logo "o seu país invadiu o meu". O resto do grupo, de vários países à volta do mundo, a olhar para mim, incrédulos. E eu... orgulhosa.