Museu e Centro de Artes de Figueiró dos Vinhos

Vale a pena visitar o museu e centro de artes de Figueiró dos Vinhos. Nele podemos encontrar exposições permanentes e exposições temporárias. Até janeiro de 2019, podemos encontrar uma exposição "Figueiró dos Vinhos nas trincheiras da Grande Guerra" do pintor Paulo Ribeiro. Pintura sobre a primeira grande guerra mundial. É possível vermos um acervo dos quadros do pintores José Malhoa, Simões de Almeida e Manuel Henrique Pinto. Tudo isto de forma gratuita.

Todos somos estrangeiros em algum lado

Todos somos estrangeiros fora do país de origem. Temporariamente de férias ou quando emigramos por tempo (in)determinado. Mais ainda quando emigramos e sentimos que não somos nem de cá nem de lá. Razões diversas levam, quem parte para fora, para longe. Por opção ou por dever, seremos sempre estrangeiros fora do nosso país-natal. É, por isso, mais do que necessário aceitar, ser tolerante e ter a mente aberta à diferença. Acolher como gostaríamos de ser acolhidos. Ajudar como gostaríamos de ser ajudados. Ter a diversidade em mente numa altura em que as fronteiras que separam os países deixam, cada vez mais, de fazer sentido, quando de interculturalidade se trata.

Um local doce que abraça a felicidade

Até ao final deste mês pode visitar The sweet Art Museum em Lisboa. Uma exposição temporária que faz as delícias de pequenos e graúdos. Trata-se de um projeto Pop-up que irá partir para outras cidades europeias. Um conceito muito original e bem disposto. Tem várias várias salas temáticas vindas de um mundo imaginário, com diferentes experiências interativas e digitais. Já se imaginou numa piscina gigante de marshmallows? E a andar num carrossel com chupas gigantes? Estas e outras experiências a conhecer. O difícil mesmo vai ser resistir a tantas guloseimas!

Quando a estrangeira sou eu...

Ao tentar regressar a casa de autocarro, perguntei ao motorista se ia para o local onde moramos. Gritou-me: NIE! Repeti duas vezes e ele voltou a gritar, quase explodindo,vermelho e enfurecido :NIE! NIE! NIE! Cada NIE era um vai-te embora, sai daqui! Lágrimas apareceram-me nos olhos e ele arrancou furioso. Aqui, com exeção do centro da cidade onde estão mais habituados a turistas, não nos sentimos bem recebidos. O Gonçalo disse-me que em Portugal um motorista não falaria assim com alguém, mas eu lembrei-o da jovem colombiana que foi esmurrada no Porto. Nunca tinha sentido a angústia de me falarem assim por ser estrangeira, mas que me sirva de exemplo para receber melhor quem vem de fora.

Luso-canadiana sobe o terceiro dos sete cumes do mundo em missão solidária
Luso-canadiana sobe o terceiro dos sete cumes do mundo em missão solidária

Uma luso-canadiana conseguiu com êxito escalar ao Monte Elbrus, na Rússia, conseguindo o terceiro dos sete cumes do mundo. Ema Dantas, de 51 anos, conseguiu o feito de atingir o cume mais alto da Europa, no dia 29 de julho. Financiada através do setor privado nas várias expedições, a empresária e tradutora espera angariar no final da aventura 700 mil dólares canadianos (463 mil euros), que serão canalizados para uma nova unidade do Centro de Dependência e Saúde Mental. Filha de emigrantes de Miranda do Douro, distrito de Bragança, Ema Dantas foi para o Canadá aos cinco anos. Monte Evereste (Nepal), Aconcagua (Argentina), Denali (Alasca, EUA) e o Monte Kosciuszko (Austrália) são os cumes que lhe falta escalar.

Uma família com esperança por Bratislava

Bratislava é uma cidade fácil de visitar: é pequena, mas cheia de história(s) e os preços são mais baixos do que na vizinha Viena. Se o Luís não estivesse cá a trabalhar, talvez não passássemos por aqui mais do que duas ou três noites, mas está a valer a pena descobrir esta cidade devagarinho... Certa vez disse aos meus filhos que eram importante construirmos memórias felizes (roubei a frase algures). Desde essa altura, quando lhes interessa, utilizam o que eu disse para me convencerem a fazer algo. Foi assim que me vi em cima de um segway a conhecer Bratislava. Embora, de início, relutante, gostei bastante da experiência e serviu-me de lição: é tão bom perder receios e deixar-me levar..

Repórter no Mundo a app do Região de Leiria

Conheci a app através de uma amiga. Interessante seres tu a dares notícias que passariam despercebidas, sejam elas sociais, culturais,económicas... Desenganem-se se acham que passa qualquer coisa. Cada publicação é alvo de aprovação e posterior revisão e só depois é publicada (não fôssemos levar com desabafos de qualquer alma desatinada). A tornar a descarga da aplicação apelativa e o seu uso frequente, ainda lançam desafios onde podes ganhar o prémio. O último um telemóvel Samsung Galaxy J3 2017! E não é que eu ganhei um?! Para já a aplicação só está disponível para Android. Faça o download da app Repórter no Mundo em: http://bit.ly/reporternomundo.

Verão e natureza é um bom plano, com certeza!

Em pleno Pinhal Interior, há uma de muitas praias fluviais que tem convidado os veraneantes a banhos nesta época do ano. O incêndio que atingiu a região, em junho do último ano, não chegou às Fragas de São Simão, em Figueiró dos Vinhos, e o lugar continua a prendar qualquer visitante com paisagens inigualáveis e água límpida. Ainda assim, há alguns sinais de que o fogo esteve bem perto.

Artistas franceses atuam na Palace Kiay

A banda francesa Les Forbans actuou no domingo, em mais uma noite super animada na discoteca Palace Kiay. No final do concerto, Berbert, vocalista do grupo, convidou para ao palco o músico luso-francês Dan Inger dos Santos, para cantar um tema de Elvis Presley. Os dois artistas conhecem-se de Champigny, perto de Paris, onde vivem. Fotos Manu Ribeiro

"O Casulo" de Malhoa

Esta é a casa onde morou e faleceu o pintor José Malhoa. Apesar de ter nascido em Caldas da Rainha e, depois de ter sido convidado pelo seu antigo professor Simões de Almeida, a passar alguns dias na região, o artista ficou apaixonado e mandou construir a sua casa em Figueiró dos Vinhos. Foi nesta vila que José Malhoa realizou a maioria das suas obras. Dada a dimensão inicial que a casa tinha, muito reduzida com semelhanças a um casulo, foi apelidade de "O Casulo". O espaço é visitável e inclui o o Museu e Centro de Artes de Figueiró dos Vinhos e o Museu do Xadrez.

Micael Morais leva vinhos portugueses à alta gastronomia francesa
Micael Morais leva vinhos portugueses à alta gastronomia francesa

O escanção franco-português Micael Morais tem levado os vinhos portugueses à alta gastronomia francesa, em Paris, onde tem trabalhado com 'chefs' dotados de estrelas ‘Michelin' e melhorado a imagem do vinho do Porto. O jovem, de 32 anos, nasceu em França mas sente-se "ainda mais em casa em Portugal", tem raízes em S. Pedro da Silva, Miranda do Douro, é atualmente sócio, responsável de sala e ‘sommelier' [escanção] no restaurante Tomy & co, no sétimo bairro da capital francesa, onde faz questão de dar a provar vinhos portugueses e franceses. "O Douro, o Dão, a Bairrada, os vinhos do Porto, os vinhos da Madeira, Setúbal. Por todo o lado tem grandes vinhos", diz.

Dan Inger canta em Ourém

Numa noite quente de verão foi apresentado na praça Vitorino de Carvalho, junto ao Museu Municipal de Ourém, o livro de entrevistas biográfico Trois notes de blues pour un fado e o álbum compilação do oureense Dan Inger dos Santos. Com a presença do presidente da câmara Miguel Albuquerque e de Ana Saraiva, a apresentação contou também com a presença de Altina Ribeiro, escritora da obra, e, para finalizar, com a atuação de Dan Inger que cantou alguns temas numa sessão acústica (veja o vídeo). No próximo dia 10 de agosto, o artista descendente do Olival, Ourém, está no Apartado 28, em Leiria.

Ourém estabelece geminação com Russells Point
Ourém estabelece geminação com Russells Point

A Fundação norte-americana Ephesus vai contribuir para a requalificação e construção de uma ciclovia na estrada da Ortiga, freguesia de Fátima, em Ourém, no valor de 150 mil dólares. A informação foi divulgada pelo presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque, em conferência de imprensa, adiantando que entre 9 a 12 de agosto se desloca aos Estados Unidos da América (EUA) para assinar o acordo. Na mesma altura, Ourém assinará com o acordo de geminação com Russells Point, no estado do Ohio, sendo a primeira cidade norte americana irmã do município de Ourém.

Pedrógão Grande renasce depois das cinzas

O termómetro passa dos 35ºC e, no centro de Pedrógão Grande, ninguém passeia pelas ruas. O calor que se faz sentir levou os locais e turistas a procurar sítios mais frescos como a barragem do Cabril, onde se pode também tomar banho. Nos restaurantes, o cardápio inclui um prato típico da zona: bucho recheado. Cerca de um ano depois da tragédia dos incêndios, Pedrógão Grande está a renascer.

Tapetes feitos com serradura embelezam adro das festas

A Igreja Matriz do Souto da Carpalhosa engalanou-se para a celebração da festa do Santíssimo Salvador e São Sebastião, durante este fim de semana. Este ano foram elaborados uns belíssimos tapetes em serradura que embelezaram o adro das festas, na paróquia de Leiria. Foram três dias de muita musica, convívio e acima de tudo celebração dos padroeiros da paróquia.

Morabeza, tudo de bom!

Já em terras africanas há uns dias, existem algumas coisas essenciais a partilhar: A simpatia das pessoas, a boa comida e o amor pelo futebol. Ah e claro, as paisagens lindas. A partir do momento em que percebem que somos portugueses, a primeira questão que surge é: “Então e és de que clube?”. A resposta é óbvia, sporting, mas por aqui torcem muito mais pelo Benfica e chegam a pedir para darmos alguns recados ao Rui Vitória. Muito feliz por perceber que Portugal é terra irmã onde fazem questão de acompanhar tudo de perto. Como se diz por aqui, “morabeza”, tudo aquilo que esta terra tem de bom, que é muito!

App Repórter no Mundo

Entre os dias 3 e 12 de agosto a aplicação "Repórter no Mundo" está a ser apresentada, descarregada e utilizada no LeiriaShopping. Para ficar a par de tudo o que acontece em Portugal e no mundo basta descarregar a "APP" no PlayStore do sistema operativo Android.

21º Aniversário Grupo Proteção da Sicó-GPS

Foi neste fim de semana que os sócios, amigos e familiares do GPS Grupo Proteção Sicó, festejaram o seu 21º Aniversário, reunindo num encontro convívio, na Redinha, mais concretamente, em Olhos de Água de Anços, mais de meia centena de pessoas. Num fim de semana em que se esperam temperaturas superiores a 40ºC, o local não podia ser mais aprazível, dando lugar a canoagem, mergulhos e pequenas aventuras aquáticas de exploração. Este grupo que há 21 anos, se dedica à proteção ambiental, tem alertado para os vários erros que se continuam a fazer na serra da sicó. Para conhecerem o GPS, visitem a sua página de facebook ou site www.gps-sico.org.